TSE decide pela inelegibilidade de Ricardo Coutinho por abuso de poder político e econõmico

TSE  decide pela inelegibilidade de Ricardo Coutinho por abuso de poder político e econõmico

O Tribunal Superior Eleitoral decidiu, nesta terça-feira (10), por maioria, pela inelegibilidade do ex-governador Ricardo Coutinho no julgamento de três ações de investigação judicial eleitoral (Aijes). Ele foi condenado por conduta vedada, bem como abuso do poder político e econômico nas Eleições de 2014. A inelegibilidade, tem efeito imediato.

No início do julgamento no final do mês de agosto o relator ministro Og Fernandes, votou pelo aumento da multa a Ricardo Coutinho em uma das Aijes, e pela inelegibilidade do socialista nas outras duas Aijes.

As Ações de Investigação Judicial Eleitoral foram ajuizados pelo PSDB e pela Procuradoria Regional Eleitoral desde 2014 e só agora, seis anos depois, chegaram ao final com o julgamento no TSE.

.

Comentários

Outras Notícias