Senador flagrado com dinheiro na cueca pede licença de 121 dias; filho "cueca JR" assume

Senador flagrado com dinheiro na cueca pede licença de 121 dias; filho "cueca JR" assume

O senador Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado pela Polícia Federal com R$ 33 mil na cueca, protocolou nesta terça-feira (20) um pedido de afastamento do mandato por 90 dias e depois uma retificação alterando o período para 121 dias. O pedido foi enviado à Mesa Diretora do Senado e o presidente da Casa, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), aceitou o pedido. 

O mandato será assumido pelo primeiro suplente, Pedro Arthur Ferreira Rodrigues, filho de Chico Rodrigues. Reportagem do portal G1 explica que o primeiro pedido de licença de Chico Rodrigues, de 90 dias, não levaria à convocação do suplente. Mas com a licença superior a 120 dias, Pedro Arthur Rodrigues será convocado.

A Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão na casa de Chico Rodrigues e o senador foi flagrado com R$ 33 mil na cueca na semana passada. A operação apura suposto esquema de desvio de recursos públicos em Roraima. 

O parlamentar nega as acusações e afirma que o dinheiro serviria para pagar funcionários.

Comentários

Outras Notícias