Gilberto Carneiro é condenado pela justiça por falsidade ideológica e falsificação de documentos

Gilberto Carneiro é condenado pela justiça por falsidade ideológica e falsificação de documentos

O ex-secretário de Administração da Prefeitura de João Pessoa, Gilberto Carneiro da Gama, foi condenado a cinco anos de prisão, em regime semiaberto, além de 30 dias de multa, pelos crimes de falsidade ideológica e falsificação de documentos, para obter proveito próprio.

Seguindo o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), o juiz Adilson Fabrício Gomes Filho, da 1ª Vara Criminal da Comarca de João Pessoa, proferiu a sentença nesta sexta-feira (2), com base nos autos da Ação Penal 0010166-81.815.2002.

O fato se refere ao contrato firmado entre a prefeitura de João Pessoa com a empresa Desk Moveis Escolares e Produtos Plásticos Ltda., no valor de R$ 3,3 milhões, para aquisição de equipamentos escolares. Na denuncia do Ministério Público e em auditoria realizada pelo TCE foram encontradas impropriedades na compra do material.

Ainda de acordo com o MP, o ex-secretário Gilberto Carneiro teria apresentado documentos irregulares.

Comentários

Outras Notícias