Ex-prefeito de Bayeux, Luiz Antônio revela bastidores do processo de cassação e dispara: “cada tentativa é uma barganha a mais”

Ex-prefeito de Bayeux, Luiz Antônio revela bastidores do processo de cassação e dispara: “cada tentativa é uma barganha a mais”

O ex-prefeito também cassado de Bayeux, Luiz Antônio, em entrevista bombástica no programa Bayeux Urgente, na última sexta-feira (17), na Rádio Sanhauá revelou as barganhas por trás de cada processo de cassação e disse que o atual prefeito interino Jefferson Kita é o homem mais perigoso dentro do município e falou das ‘tratativas’ em busca de cargos dentro da administração tudo sendo incluído do bojo das negociatas inclusive com a gestão do ex-governador Ricardo Coutinho apontado como chefe da ‘orcrim girassol’ pelo Gaeco.

O ex-prefeito que assumiu a titularidade como vice de Berg Lima, Luiz Antônio foi cassado pela câmara municipal por suposta gravação em que estaria cobrando propina a um empresário para divulgar um escândalo contra o então prefeito, agora renunciado, em uma conversa gravada.

Luiz Antônio em sua defesa nega a originalidade das gravações e garante que não é a sua voz no áudio vazado e se diz injustiçado por uma câmara que armou para afastá-lo do cargo e que a justiça não acatou mesmo como prova contestada da perícia de que a autoria da conversa não foi feita pelo ex-gestor.

Disputando a prefeitura de Bayeux nas eleições deste ano, Luiz Antônio segue com o propósito de mostrar sua inocência e garante que o momento de incerteza em que o município vive, a população fará o seu próprio julgamento do seu caso e passa a conhecer através da sua mensagem enquanto pré-candidato quem são os verdadeiros inimigos do povo e as ‘armações’ por trás de cada tentativa de ‘golpe’ para se manterem no poder.

 

 

 

Comentários

Outras Notícias