CPI: Governadores pedem revisão de convocações, mas Aziz confirma Wilson Lima do Amazonas

CPI: Governadores pedem revisão de convocações, mas Aziz confirma Wilson Lima do Amazonas

O presidente CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), confirmou que o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), será o primeiro chefe estadual inquirido pela CPI da Covid. O depoimento dele foi agendado para a próxima quinta-feira, dia 10 de junho. Investigado por desvio dos recursos da covid-19, Wilson deve explicar como se deu o colapso da saúde do estado, ocorrido em dois momentos distintos durante a pandemia.

O depoimento do governador, um dos aliados de Jair Bolsonaro na região norte, vem em um momento onde ainda há indefinição sobre a possibilidade de que a comissão convoque e interrogue chefes de estados da federação sobre qualquer tema. O Supremo Tribunal Federal (STF) já foi provocado a responder a questão, feita por 19 estados e o DF – mas ainda não há data para que isso ocorra.

Enquanto isso, governadores solicitaram a Aziz que reconsidere as convocações de Lima e de outros nove nomes, entre eles a vice-governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr, e do ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. Em um ofício datado da última sexta-feira (28), e disponibilizado apenas hoje (2) pela CPI, o Fórum de Governadores alerta que o chamamento para depor viola principios constitucionais, "sob pena de grave ofensa à Constituição, que assegura a esses agentes políticos a prerrogativa de somente serem processados e julgados pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ)."

Comentários

Outras Notícias