Caso Empreender: Ricardo Porto decreta elegibilidade de Ricardo Coutinho

  Caso Empreender: Ricardo Porto decreta elegibilidade de Ricardo Coutinho
ASCOM/TJPB

Após audiência que durou cerca de oito horas, no Tribunal Eleitoral da Paraíba, o relator da Aije do Empreender, desembargador José Ricardo Porto, votou pela aplicação de multa por conduta vedada ao ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), além da ex-secretária de Educação, Márcia Lucena e ao ex-secretário da Saúde, Waldson de Souza.

Para o desembargador e relator Zeca Porto, Ricardo Coutinho não cometeu nenhum ilícito eleitoral durante a campanha para reeleição em 2014, atestando a elegibilidade do ex-gestor no julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral do Programa Empreender.

O julgamento foi suspenso, devendo retornar na próxima semana para os votos de outros seis julgadores, além do desembargador-presidente Carlos Beltrão.

Comentários

Outras Notícias