ALPB instala CPIs e parlamentar demonstra insatisfação por ficar de fora

ALPB instala CPIs e parlamentar demonstra insatisfação por ficar de fora

 

A Assembleia Legislativa da Paraíba instalou, nesta quarta-feira (15), as Comissões Parlamentares de Inquérito (CPI) do feminicídio, da indústria da multa e dos crimes contra a população LGBT.

A deputada estadual Pollyana Dutra ameaçou deixar o PSB, a parlamentar criticou publicamente o seu partido por não ter sido lembrada para integrar nenhuma das comissões.

“Estou me sentindo prejudicada, senhor presidente. Estou no PSB, embora esteja acostada ao G-10. É uma luta maior do mundo para participar de uma CPI porque o PSB não indica. E, aí? Vou ficar fora de tudo? Vou esperar uma janela para sair do partido?”, desabafou.

Foram instaladas as CPIs da Indústria das Multas, de autoria do deputado Júnior Araújo (Avante); do Feminicídio, da deputada Cida Ramos (PSB); além da CPI da Homofobia, da parlamentar Estela Bezerra (PSB).

“Não existe democracia para composição das comissões. Qual critério para escolha? Só servimos para assinar? Quando assinamos, queremos participar do assunto”, prosseguiu.

 

 

Comentários

Outras Notícias